FAQ do Processo Seletivo do PAI 2013

  • O que é o PAI?

O Projeto de Apoio ao Intercambista (PAI) é um projeto de extensão da Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade (FEAAC) realizado em parceria com a Coordenadoria de Assuntos Internacionais da Universidade Federal do Ceará (CAI-UFC). O projeto tem como intuito auxiliar, integrar e orientar estudantes de mobilidade acadêmica internacional na UFC nos seus primeiros momentos em Fortaleza e na Universidade e, em contrapartida, proporcionar aos estudantes da UFC a troca de experiências culturais e acadêmicas.

  • Como surgiu o PAI?

O PAI foi criado em 2010 por dois monitores de projetos de graduação da FEAAC em parceria com outro aluno da FEAAC, aluno esse que vivenciou a experiência de intercâmbio a partir da bolsa Erasmus Mundus e começou, ainda que de maneira informal, a auxiliar os alunos estrangeiros assim que retornou ao Brasil. Em 2011, o PAI selecionou padrinhos para auxiliar alunos estrangeiros, o que se mostrou uma etapa experimental e frutífera do então novo projeto. Em 2012, com o apoio da Diretoria da FEAAC e com o momento da internacionalização naquela faculdade, o PAI ganha caráter organizacional, ampliando seu corpo funcional não somente para o apadrinhamento, mas também para a própria gestão do projeto. 

  • Como funciona o PAI?

O projeto media o chamado “apadrinhamento”: um estudante da UFC torna-se padrinho voluntário de um estudante de mobilidade acadêmica internacional a partir do alinhamento de área de estudo, de idiomas e de interesses. A partir daí, o padrinho entra em contato com o intercambista, de modo a começar a orientá-lo antes mesmo da chegada dele ao Brasil. Assim que o estudante estrangeiro chega ao país, cabe ao padrinho fornecer suporte e informações acerca da UFC e de Fortaleza, recebendo-o no aeroporto, auxiliando-o com os trâmites de documentação e demais eventuais necessidades.

  • Por que ser um padrinho?

Estudar em um país estrangeiro é desafiante, especialmente no início, quando geralmente não se conhece ninguém e se sabe muito pouco sobre os costumes e a cultura local, de modo que apadrinhar um estudante estrangeiro significa ajuda-lo a superar as dificuldades iniciais e melhor recepciona-lo em nossa Universidade. Ser padrinho também é uma ótima maneira de conhecer novas culturas, de trocar experiências acadêmicas, de praticar idiomas estrangeiros, fazer novos amigos, de melhor conhecer a própria UFC e de contribuir para o desenvolvimento de programas internacionais de intercâmbio entre a UFC e universidades estrangeiras.

  • Como o padrinho saberá orientar os estudantes estrangeiros?

O processo seletivo do PAI consiste não apenas no recrutamento e na seleção dos padrinhos, mas também no treinamento para que estes possam auxiliar de maneira funcional todo e qualquer intercambista contemplado pelo projeto. O PAI conta com uma equipe especializada responsável pelo devida capacitação dos padrinhos nos aspectos sociais, burocráticos e comunicativos. 

  • Quantas horas por semana um padrinho precisa dedicar ao PAI?

Não há uma carga horária definida para os padrinhos. O projeto é bastante flexível quanto às horas de dedicação, pois elas dependem da demanda dos intercambistas. Geralmente, há mais trabalho no início do semestre, quando chegam novos estudantes estrangeiros e é necessário ajudá-los com documentação, matrícula na Universidade e orientá-los para que possam atingir certo grau de independência na cidade. Ao longo do semestre, porém, a exigência é menor, pois a tendência é que esses estudantes adquiram autonomia e só recorram aos padrinhos eventualmente. Por conta da natureza do projeto, participam do PAI desde estudantes com grande disponibilidade durante a semana a estudantes extremamente ocupados.

  • Preciso ser da FEAAC para ser um padrinho?
Não. Os padrinhos podem ser de qualquer curso da UFC situado nos campi de Fortaleza. Atualmente, por exemplo, o PAI conta com alunos dos cursos da FEAAC e de cursos como Direito, Zootecnia, Oceanografia e Ciências Sociais. É até interessante que haja essa diversificação, pois a UFC recebe estudantes estrangeiros nos seus mais diversos cursos.
  • Como padrinho, sou obrigado a hospedar o estudante estrangeiro?
Não. Entre as funções do padrinho, está ajudar o estudante estrangeiro a encontrar uma moradia e não necessariamente hospedá-lo. Caso o padrinho deseje fazê-lo, não há restrições, porém deve ficar claro que a escolha da moradia é feita pelo intercambista, de acordo com suas necessidades. Os estudantes estrangeiros geralmente alugam quartos em repúblicas, casas, ou dividem apartamentos alugados com outros estudantes, de modo que caberá ao padrinho apenas auxiliá-lo a encontrar um quarto disponível, outro estudante que esteja interessado em dividir um quarto, um apartamento ou uma casa. O projeto conta com uma listagem de lugares onde estudantes estrangeiros costumam ficar em Fortaleza, que, oportunamente, é repassada aos padrinhos que estejam buscando moradia para seus afilhados.
  • Como posso me inscrever?

Passo a Passo:

1ª Passo: Entre em https://paiufc.wordpress.com e baixe o currículo padrão;

2º Passo: Preencha devidamente o currículo padrão;

3ª Passo: Envie o arquivo para ufc.pai@gmail.com até as 23:59h do dia 23/05/2013;

4º Passo: A equipe irá responder seu e-mail em até 72h com as devidas orientações.

Se ainda tiver quaisquer dúvidas sobre o projeto, por favor, entre em contato conosco através do endereço ufc.pai@gmail.com ou deixe um comentário no blog.

—–

Importante: As inscrições são gratuitas e vão até as 23:59h do dia 23/05/2013.

Processo Seletivo PAI 2013

O Projeto de Apoio ao Intercambista (PAI) está realizando a seleção de estudantes da UFC (campi de Fortaleza) interessados em atuar no suporte aos estudantes estrangeiros que realizam semestralmente intercâmbio acadêmico na Universidade Federal do Ceará. As inscrições vão até o dia 23/05/2013 através do envio de um curriculo padrão (disponível aqui) para o e-mail ufc.pai@gmail.com .

O processo seletivo consistirá em 2 etapas:

1) análise curricular;

2) entrevista

As datas previstas para a realização da etapa 2 são de 27 a 31 de maio, das 14h às 17h, na FEAAC. Os candidatos serão informados via e-mail dos dias e do local em que deverão comparecer ao local indicado para a seleção.